quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Música do dia - 6

A música de hoje é Journey of the Angels, do novo álbum And the Winter Came, da cantora Eithne Patricia Ní Bhraonáin, conhecida no mundo artístico como Enya.
Enya é uma cantora irlandesa, cujo nome, dado pelo seu avô materno, é gaélico irlandês podendo ser traduzido como Eithne filha de Brennan. Ela é nascida e criada em Gaoth Dobhair, condado de Donegal (Dhún na nGall, em irlandês), situado no noroeste da Irlanda, um local cuja língua oficial é o irlandês. Filha de pais músicos, Enya sempre procurou inspiração para as suas músicas na sua terra natal, com notada influência, principalmente, da cultura celta. Em 1980 passou a integrar a banda irlandesa Clannad (que significa família).
Com a ajuda do casal Roma e Nick Ryan (Roma escreve a maioria das letras, enquanto que Nick tornou-se seu produtor), ela gravou a trilha sonora da série The Celts da BBC-TV.
Ouçam a bela canção.













Cuidado com as pulgas! ou com os ratos?

A BBC Brasil.com está noticiando que uma bactéria que pode causar graves distúrbios cardíacos em seres humanos está sendo propagada por pulgas que atacam ratos, despertando temores de que essa infecção possa se tornar um grande problema neste século, de acordo com pesquisa da Universidade Nacional Chung Hsing, em Taiwan.
Os ratos marrons podem ser os portadores da bactéria, segundo os cientistas. Leia mais...

Mais sobre o conjunto de livros Colagem

Depois de ter colocado o volume número 1 do livro Colagem à disposição de todo o público da internet, através do site Neoreader, agora coloquei os volumes 2 e 3.
Todos podem ser vistos, baixados, ou lidos diretamente, nos endereços: Colagem - Vol.1, Colagem - Vol.2, Colagem - Vol.3.
Obrigado pela visita.

Mais sobre o conjunto de livros Colagem

Depois de ter colocado o volume número 1 do livro Colagem à disposição de todo o público da internet, através do site Neoreader, agora coloquei os volumes 2 e 3.
Todos podem ser vistos, baixados, ou lidos diretamente,
nos endereços: Colagem - Vol.1, Colagem - Vol.2, Colagem - Vol.3.
Obrigado pela visita.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Música do dia - 5

O excelente saxofonista brasileiro Leo Gandelman, interpretando Palhaço.












Colagem - Vol. 1 no Neoreader

O primeiro volume da série que compilei sobre material recebido por email já se encontra publicado no Neoreader. Vejam como ficou. Em breve, também lá estarão os volumes compilados após o primeiro.

Música do dia - 4

Maria Luiza de Arruda Botelho Pereira de Magalhães (Mallu Magalhães), nascida em São Paulo, a 29 de Agosto de 1992, é uma cantora, compositora e instrumentista brasileira. Mallu ganhou notoriedade no seu MySpace Brasil e tornou-se famosa pelas músicas de sua autoria. Em 2008 lançou seu primeiro álbum, auto-intitulado. Seus mairoes sucessos são Tchubaruba e J1.
Mallu é filha de um engenheiro que, apaixonado por rock clássico a influenciou em seus gostos musicais. Aos nove anos, Mallu ganhou um violão e dois anos depois passou a fazer aulas. Já aos doze anos, passou a compor suas próprias músicas, grande parte delas escritas em inglês.
Mallu é apontada como a grande revelação da música brasileira em anos sendo aclamada por publicações como Rolling Stone, Trip e Bravo! pela sua precocidade, espontaneidade, grande bagagem cultural e talento para cantar e compor tanto em inglês como em português. Suas influências são o rock clássico e o folk como The Beatles,
Belle and Sebastian, Bob Dylan e Johnny Cash, além de outros em estilos musicais semelhantes.
A música que escolhi tem o título
O Preço da Flor, a única que encontrei com letra em portugês.












Tempo de validade dos pneus automotivos

Você sabia que os pneus têm prazo de validade? Pois é, esse prazo é de cinco anos a partir da data de fabricação. Essa data está gravada no pneu, quase em código!
O número de quatro dígitos encontrado na banda lateral do pneu deve ser entendido da seguinte forma: os dois primeiros dígitos representam a semana do ano e os dois últimos o ano de fabricação. Ex: 4302 o pneu foi fabricado na 43ª semana de 2002. Se só tiver 3 digitos, foi fabricado antes de 2000. Ex: 438, 43ª semana de 1998. Fácil não??
Devemos saber que com mais de cinco anos, a parte externa com ranhuras pode soltar de uma vez!! Desastre!
No site http://abcnews.go.com/Video/playerIndex?id=4826897 produzido pela ABC News você pode ver algo sobre o assunto.
O programa Auto Esporte da Rede Globo também produziu matéria sobre o tema. Vejam o clipe a seguir.

sábado, 22 de novembro de 2008

Música do dia - 3

A música de hoje traz o saxofonista Kenny G, interpretando Silhouette, do álbum Ambiental












Aproveite as férias

Roberto Shinyashiki escreveu um artigo sobre como aproveitar as férias para um encontro consigo mesmo. O artigo é muito interessante, pois as férias repreentam aquele momento, ou aqueles dias, em que podemos refletir tudo que se passou enquanto trabalhávamos, concentrados em nossas tarefas diárias, por compromissos com a empresa. E os familiares, parentes, amigos que gostariam de se relacionar mais conosco? Os filhos crescem e, muitas vezes não percebemos as mudanças que eles vão apresentando no comportamento diário. Quem vem primeiro? O trabalho, ou a Família? Por questões como essas, que julgo relevantes no dia-a-dia das pessoas julguei interessante transcrever aqui o artigo, para que, aqueles que ainda não o conhecem, possam avaliar.
Se você está experimentando o estresse decorrente de uma vida de trabalho em que não se sente valorizado ou de estudos que parecem não ter resultado prático e vê nas férias sua salvação, triste ilusão... Férias não curam gastrite de ninguém. O que você precisa é de uma profunda revolução em sua vida para criar um estilo de viver com mais sentido.
Para algumas pessoas, as férias - e até os fins de semana - se tornam um novo fardo a carregar. Sentindo-se perdidas fora do ambiente de trabalho, ficam doentes e debilitadas. Essa é a "síndrome do lazer", doença do século XXI diagnosticada pela primeira vez no ano passado. Para a maioria das pessoas, as férias são um sofrimento ou no máximo adiam a próxima crise existencial.
O fato é que o ser humano não consegue resistir às pressões de uma vida tão distante da sua essência. Dormir, acordar e trabalhar de forma que não gratifique o espírito vai destruindo a saúde física e mental das pessoas. Muitos vivem numa corrida eterna, sem a mínima paz de espírito. Arrastam seus corpos na esperança de chegar inteiros à próxima parada. Vivem o tormento do desgaste durante um ano para curtir umas poucas semanas de descanso. Esses "heróis" comemoram as férias e depois a aposentadoria como uma vitória. Mas o preço dessa vitória é a infelicidade.
Muitos brasileiros reclamam de insônia. No entanto, não percebem que trabalham diariamente contrariados, pressionados por objetivos que não os entusiasmam. É tanta tensão que depois não conseguem dormir. É muita loucura continuar a viver dessa maneira. O preço está cada vez mais alto. Alguma providência tem de ser tomada, além dos comprimidos para calar nossa consciência e sufocar nossa tristeza.
Basta de tanta loucura! Se você busca nas férias uma fonte de descanso ou prazer, mude: faça dela um retiro espiritual. Dê um tempo para você checar a sua vida. É preciso entender que a felicidade não é algo que só acontece quando saímos de férias. Temos que dar um jeito de sermos felizes todos os dias. Para isso precisamos entender o significado da felicidade.
Normalmente, as pessoas acham que só rico é infeliz. Nos roteiros das novelas que passam na televisão, somente os ricos e os pobres que querem ascender economicamente é que sofrem. Na verdade, a infelicidade não escolhe classe social. O indivíduo é infeliz simplesmente porque não consegue materializar seus sonhos. E a base da felicidade é exatamente esta: realização, todos os dias.
E quando você sabe gerenciar bem seu trabalho, ele se transforma numa fonte de realização. No entanto, a maior parte das pessoas vê o trabalho como sobrevivência, quando o trabalho tem de ser uma fonte de prazer. É triste ver tanta gente lutando para sobreviver, assustada com a vida. É muito pouco para bênção que recebemos.
O mundo moderno nos convida à correria e, em função disso, não temos tempo de observar a natureza, nossa grande mestra. Quem olha o mar e percebe as marés, as ondas e os ventos pode verificar como tudo tem seu ciclo. O dia e a noite, as estações do ano, o sol e a chuva, a vida e a morte. O ser humano, com sua sede de poder, procura imobilizar a vida e torná-la certinha, rígida como uma estátua. Mas a vida é dinâmica.
Hoje estou bem, amanhã posso não estar. Em certo momento, a vida está tranqüila como um vôo de ultraleve e, no momento seguinte, poderá estar envolta em nuvens de dificuldades. Mais um pouco, as nuvens vão embora e a claridade volta a iluminar.
A vida flui como as ondas do mar e, como um surfista, precisamos aprender a aproveitar suas subidas e descidas, mergulhar e retornar à tona, manter-nos na superfície de acordo com o movimento da água.
Hoje em dia as pessoas orientam suas vidas baseadas em idéias e métodos que já não têm relação com a própria existência. Solte sua alma, seja você. Tenha consciência de que, se estiver em paz consigo mesmo, você fará o que tiver vontade e não porque alguém disse que é bom ou ruim.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Música do dia - 2

Amada, amante, sucesso de Roberto Carlos, com apresentação do maestro Eduardo Lages. Uma bela canção, com um magnífico arranjo!












quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Música do dia - 1

A primeira "música do dia" é Colombe Ivre, faixa do álbum Comme J'ai Toujours Envie D'aimer, gravado por Paul Mauriat em 1970, o maior sucesso do verão de 1970 em Québec e na França. Delicie-se!












terça-feira, 18 de novembro de 2008

2009 - O ano da limpeza no mercado de trabalho

Marcelo Peruzzo, professor da FGV Management nos cursos de Gestão Empresarial, de Marketing, de Pessoal e Industrial, além de autor de vários livros sobre marketing pessoal e
relacionamento dá algumas dicas sobre mercado de trabalho em função da crise e expectativas para 2009.
Se você é uma daquelas pessoas que este ano teve seu nível de estresse elevado devido à
incompetência de profissionais que só pelo excesso de demanda tiveram sua chance no mercado, confira se algum dos exemplos abaixo fez parte do seu cotidiano em 2008.
Ao entrar em uma loja, deparou-se com um vendedor que ficou olhando-o sem sequer fazer uma apresentação ou abordagem decente por saber que, afinal de contas, você iria comprar – e que, se não, outro cliente o faria?
Comprou um produto ou serviço com prazo de entrega ou execução de 30 dias, mas só o recebeu alguns meses depois?
Ao construir uma casa, viu reunido um número absurdo de gente desqualificada e mentirosa, cujas promessas não passaram de pura utopia e cujo processo produtivo ficou totalmente perdido em função do excesso de pedidos e trabalhos?
Teve que pagar quantias fora do valor de mercado a profissionais que não faziam jus a tal custo, pela indisponibilidade de pessoas com competência à altura do que o trabalho merecia?
Enfrentou péssimo tratamento e teve que ouvir discursos enganosos da operadora de telefonia celular que o tem como cliente há muitos anos e que, contraditoriamente, insiste em afirmar que você é muito importante para ela?
Se você se identificou com alguma dessas situações – ou várias delas –, fique tranqüilo. Atrás da ameaça da crise, chega em 2009, a partir de março mais especificamente, o momento de higienização do mercado.
O Natal de 2008 terá um impacto menor na vida do brasileiro. Em janeiro e fevereiro, a demanda cai tradicionalmente. Em março, a economia mostrará sua verdadeira face.
O bom profissional não deve se preocupar com a crise, pois há pouco risco de recessão no Brasil. Mas a diminuição da demanda é certa em todos os segmentos. Isso basta para tirar do mercado profissionais incompetentes. No ajuste inevitável no quadro de funcionários, as empresas, que agora precisam dar lucro com base na gestão inteligente de custos e na produtividade – e não no processo especulativo –, naturalmente abrirão mão das “peças” dispensáveis.
Quando estudamos as forças e fraquezas de um profissional, estudamos suas competências, para que assim possamos identificar seu valor no mercado. Quanto mais competências, mais vantagens competitivas essa pessoa terá e maior será sua empregabilidade. Toda crise traz grandes oportunidades. A atual está trazendo uma chance gigantesca, que é a de reconhecer os profissionais mais competentes, aqueles que fazem a diferença e geram resultados.
A limpeza mencionada não está relacionada apenas a quem está em contato direto com os clientes. Ela também diz respeito às organizações. Concorrentes desqualificados, sem estrutura e sem foco no cliente, ganharam mercado com preços baixos oferecidos.
Entretanto, experiências desastrosas enfrentadas pelo cliente estão fazendo com que outros fatores, além do preço, sejam priorizados na hora da compra.
A incompetência profissional está com os dias contados. Mas a pergunta que fica é: “O que devo fazer se minhas características pessoais e/ou profissionais não estão de acordo com o que é
valorizado pelo mercado?”

Algumas dicas para 2009
Mapeie suas competências e verifique se elas estão alinhadas com as necessidades das empresas.
Fortaleça sua rede de relacionamentos (network).
Lembre-se de quem o ajudou no passado. A ingratidão fecha portas para oportunidades futuras.
Não contrate empresas ou profissionais apenas por simpatizar com eles. É melhor privilegiar organizações com estrutura, tradicionais, com gestão inteligente e foco real em resultados.
Jamais fale mal de um colega de trabalho – nem do chefe, principalmente.
Pense várias vezes antes de pedir demissão ou abrir uma empresa em um ambiente de demanda em declínio.
Invista urgentemente em sua formação, seja com um curso de graduação ou especialização (incluídos aí mestrados e doutorados), de idioma, etc. O mercado está cada vez mais seletivo. Formação de primeira qualidade tem peso na contratação e manutenção de funcionários.
Pare de agir apenas operacionalmente e comece a pensar como líder.
Nenhuma empresa gosta de funcionário cumpridor de tabela e horário. É apreciado quem faz a diferença.
Ajuste bem o que você fala com o que faz. Fingir-se cheio de boas intenções e por trás das cortinas se revelar um tirano é um comportamento que exige cuidado. Em meio à escassez de oportunidades, é fácil, fácil desmascarar os hipócritas.
Pensando no bem de sua saúde financeira – que também se reflete em sua motivação para o trabalho –, cuidado em comprar imóveis na planta, gastar demais com cartões de crédito e comprar carros com 0,99% de juro, mas com custo efetivo total (CET) que totalize o dobro ou o
triplo do anunciado.
Elabore um plano de ação estratégico para sua vida pessoal e profissional, para dar rumo a essas esferas em espaços de tempo determinados (curto, médio e longo prazo).
Ações impensadas e guiadas apenas pela emoção podem ser lastimáveis.
Portanto, a principal dica é ter muita calma, paciência, pertinência, planejamento, atitude e ação.
Os incompetentes que não fizerem algo estão fadados à eliminação pelo mercado. Para os preparados, um ótimo 2009!

Fonte: PR Newswire Brasil e IP2 Outsourcing

domingo, 16 de novembro de 2008

Comerciais antigos

Propaganda é um modo específico de se apresentar uma informação, com o objetivo de servir a uma agenda.
A propaganda possui várias técnicas em conjunto com a publicidade, podendo ser usada tanto para promover um produto comercial quanto para divulgar crenças e idéias religiosas, políticas ou ideológicas.
A propaganda é uma atividade humana tão antiga quanto os registros de que algo acontece ou aconteceu. Os escritos de romanos como Lívio são considerados obras-primas da propaganda estatal pró-Roma.
As técnicas de propaganda foram cientificamente organizadas e aplicadas primeiramente pelo jornalista Walter Lippman e pelo psicólogo Edward Bernays (sobrinho de Sigmund Freud, no início do século XX).
O clipe a seguir relembra alguns anúncios antigos que foram estampados em revistas das respectivas épocas.

sábado, 15 de novembro de 2008

A nova revolução chinesa em marcha

Dexter Roberts editor para a Ásia e chefe do escritório da China para o periódico Business Week publicou um interessante artigo na edição online do dia 13 de novembro último, falando sobre uma nova revolução que está em marcha na China, a Revolução Urbana. Aqui passo alguns tópicos por ele abordados, que julguei interessantes.
Diz ele que “apesar do recente pacote de incentivos (US$586 bilhões), promovido por Beijing, com muito estardalhaço, no último dia 9 de novembro, cuja finalidade era combater o desaquecimento da economia chinesa, o crescimento da China continua mostrando sinais de enfraquecimento. Há que se notar que no último dia 11 de novembro o governo chinês anunciou um crescimento na inflação dos preços ao consumidor da ordem de 4,6%, o mais baixo em 17 meses. O pacote foi forçado por uma razão superveniente, qual seja a de ser compatível com uma enorme despesa planejada com vistas a atender as necessidades da maior urbanização da história humana.”
A revolução chinesa mencionada por Roberts está baseada em avaliações feitas sobre números realmete espantosos e assustadores, fora da realidade do mundo atual.
A China estima que nos próximos 17 anos, 350 milhões de residentes rurais (mais do que toda a população dos Estados Unidos, hoje) deixarão o campo e se deslocarão para as principais cidades chinesas. Isso fará com que a população urbana da China aumente dos atuais 600 milhões para algo próximo de um bilhão de habitantes, transformando a China em um país no qual mais do que dois terços de sua população viverá nas cidades.
Trinta anos atrás, quando a China iniciou o processo de modernização de sua economia, mais de 80% dos chineses viviam no campo. Seis anos atrás esse número caia para 60%, mas hoje, a população chinesa é 50% urbana.
As previsões indicam que a nova população chinesa, urbanizada, estará morando em oito megacidades, com uma população total de mais de 10 milhões de habitantes, ao mesmo tempo que 15 grandes cidades, abrigarão uma população entre 5 e 10 milhões de habitantes. Por volta de 2025 a China terá, muito provavelmente, pelo menos 221 cidades com população acima de 1 milhão de habitantes. Isso é comparável com 35 cidades de toda a Europa e de mesma escala, nos dias de hoje.
A necessidade de urbanização daí decorrente traz a expectativa de que seja um poderoso alavancador de crescimento. Com tal expansão, o consumo urbano estará subindo dos atuais 25% do PIB (Produto Interno Bruto) para cerca de 33%, em 2025.
Jonathan Woetzel, diretor do escritório de Shangai da empresa
McKinsey afirma que “A urbanização é o motor da economia chinesa – é o que conduzirá o crescimento da produtividade pelos próximos 20 anos. E a China tem realmente, potencial para tal.”
A necessidade de infra-estrutura para as novas cidades representará tanto um desafio, como uma oportunidade. Mais de 5 bilhões de metros quadrados adicionais de rodovias serão necessários, bem com a construção de sistemas de transporte de massa. Mais de 40 bilhões de metros quadrados de locais para habitação e escritórios deverão ser construídos em 5 milhões de edifícios, com cerca de 50.000 arranha-céus com altura acima de 30 pavimentos.
Meus amigos, esse é o gigante que não para de crescer!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

A internet foi a chave para a vitória de Obama?

A campanha de Barack Obama na pré-candidatura a representante do Partido Democrata na corrida presidencial americana teve a internet como ponto alto para o sucesso. Depois de escolhido, fato semelhante ocorreu na corrida à Casa Branca, quando ele obteve larga margem sobre seu opositor, McCain.
A internet tem mostrado grande força durante as campanhas políticas nos EUA, nos últimos anos. Mas foi no último ciclo de campanha presidencial que a se tornou elemento fundamental para o sucesso da campanha de Barack Obama. A internet favorece ois ntrusos e dá a eles a capacidade de mobilizar apoios e conseguir recursos
online.
E, quando mais vivo foi o uso da internet pela campanha de Obama nos estágios iniciais, mais ajudou a ele sobrepujar a liderança inicial de Hillary Clinton na corrida para a indicação do candidato Democrata.
A estratégia de uso da internet por Obama estava no núcleo de seu plano para vencer a indicação Democrata, de acordo como especialista Phil Noble, que pesquisa tendências na relação entre internet e política.
Quando o senador Obama anunciou sua campanha, seu
site na internet já estava completamente desenvolvido e pronto para ser olocado no ar, com um conjunto de ferramentas que possibilitavam aos apoiadores se reunirem e se organizarem, bem como angariar fundos para a campanha.
Noble acredita que Obama tenha conseguido fundos da ordem de US$ 1 bilhão,
online, durante a campanha de 2008, 12 vezes mais do que John Kerry conseguiu em 2004.
Além disso, Obama foi capaz de reunir mais voluntários locais em estados-chave, do que a campanha de Clinton, o que se mostrou especialmente importante nos estados menores.
Uma das principais características da campanha de Obama foi a capacidade de explorar adequadamente os
sites das redes sociais como MySpace e Facebook, além do YouTube.
Na verdade, a decisão de Obama foi influenciada pelo fato de que uma página criada no
MySpace, por simpatizantes não vinculados à campanha oficial, rapidamente ter sido subscrita por 160.000 simpatizantes.
De acordo com Paul Zube e Rebecca Hayes da Universidade do Estado de Michigan, Obama é altamente popular no
Facebook, a rede social mais largamente uada pelos estudantes; mais popular do que os demais candidatos.
O uso das redes sociais por Obama ajudou-o a mobilizar o público jovem, um grupo que tradicionalmente se apresentava desinteressado pela política, de acordo com opinião do Professor Thomas Patterson, da Universidade de Harvard.
Noble acredita que os Democratas cntinuarão a desfrutar de uma enorme vantagem sobre seus oponentes com o uso da internet.
Ironicamente, a campanha de McCain em 2000, quando ele não obteve sucesso no confronto com George Bush para a indicação do candidato Republicano, foi o primeiro exemplo do uso da intenet para levantamento de fundos para campanha.

Fonte: BBC Technology

Google anuncia detecção de gripe de forma antecipada

Em um processo de colaboração entre o Google e o U.S. Centers for Disease Control and Prevention, em Atlanta, desenvolveram uma ferramenta online que pode ajudar as pessoas a saber sobre o início de uma gripe mais rapidamente do que co a utilização dos métodos atuais de prevenção.
A nova ferramenta que foi designada de Google Flu Trends
Um artigo que acompanhou o lançamento do
e irá monitor uma pesquisa de tendências que possibilitará ver grandes números anormais relacionados com a gripe e doenças relacionadas. Como decorrência, o novo serviço permitirá a publicação de um mapa das áreas afetadas.site foi recebido pelo jornal Nature, por intermédio de seu editor-chefe, Philip Campbell, que louvou "a excepcional implicação para a saúde pública, trazida por este artigo."
O jornal estará submetendo o artigo à discussão pública, antes de sua publicação.
Fonte: abcNews Health

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Porque usamos aliança de casamento no quarto dedo?

Os Chineses têm uma explicação muito bonita: usamos a aliança no quarto dedo porque é impossível separar uma mão da outra quando estão ligadas pelo quarto dedo.
Assim é a união do casal . Veja o filme abaixo e você vai compreender. Tente fazer o que é mostrado. Explicando o filme (está em inglês)...
Cada dedo da mão representa um membro da família: Polegar - representa os pais. Indicador representa os irmãos. Médio representa você mesmo. Anelar representa seu companheiro. Mínimo representa os filhos. Una os dedos das duas mãos pela ponta dos dedos, exceto os dedos do meio que deverão estar dobrados um de frente para o outro. Agora, tente separá-los. Os polegares podem ser separados, eles indicam seus pais; você não viverá com eles o resto de sua vida. Os indicadores separam-se facilmente; os irmãos e irmãs um dia também vão se separar de você, pois terão suas próprias famílias. Assim o indicador e o dedo mínimo também podem se separar. Os dedos mínimos também podem ser separados. Indicam seus filhos que também irão crescer e se casar. Finalmente, os dedos anelares, não conseguimos separá-los, significando que marido e mulher devem viver juntos o resto da vida.


video

Morreu Miriam Makeba

Morreu ontem, 10/11 a cantora Miriam Makeba, que ficou famosa com a canção "Pata Pata". O nome verdadeiro da artista era bem outro. Longo, muito longo: Zenzile Makeba Qgwashu Nguvama Yiketheli Nxgowa Bantana Balomzi Xa Ufun Ubajabulisa Ubaphekcli Mbiza Yotshwala Sithi Xa Saku Qgiba Ukutja Sithathe Izitsha Sizi Kkabe Singama Lawu Singama Qgwashu Singama Nqamla Nqgithi.

Em 29 de fevereiro de 1960, ela escreveu a seguinte carta para a revista
Time, explicando as origens de seu nome:
I did notice that there was a slight error, which I do not think you will mind my calling attention to. It concerns my African name, and if I may, I would like to spell it correctly for you.
I want to tell you how happy I was with the article in the Feb. 1 issue [SHOW BUSINESS]. It was very gratifying.
Zenzile Makeba Qgwashu Nguvama Yiketheli Nxgowa Bantana Balomzi Xa Ufun Ubajabulisa Ubaphekcli Mbiza Yotshwala Sithi Xa Saku Qgiba Ukutja Sithathe Izitsha Sizi Kkabe Singama Lawu Singama Qgwashu Singama Nqamla Nqgithi.
The reason for its length is that every child takes the first name of all his male ancestors. Often following the first name is a descriptive word or two, telling; about the character of the person, making a true African name somewhat like a story. This may sound most unusual to Americans, but it is the custom of my people.
MIRIAM MAKEBA New York City

Editor's Note: Freely translated, the descriptive word or two in Miriam Makeba's name say: "There is a saying that after dinner, the Xosa kick the dishes."

As quatro luzes para uma decisão

Antes de qualquer outra coisa lembre-se:

Não se deve tomar uma decisão quando se está:
a) Profundamente desapontado.
b) Fisicamente exausto.
c) Irado.
d) Muito abatido e deprimido.
e) Com perspectiva de derrota.

Nestas circunstâncias é melhor dizer:
“- Ainda não tenho uma decisão. Preciso de mais tempo.”
-------------------------------------------------------------------------------------------

Primeira luz: Oração
Leia Mateus 7,7-8 e Filipenses 4,7
Orar é falar com Deus, intimamente.
Na intimidade com Deus, o coração encontra paz nas tomadas de decisão.

Segunda luz: As circunstâncias
Todas elas devem ser analisadas com profundidade. Todos os prós e os contras devem ser levados em consideração. Não despreze nenhum fator.

Terceira luz: Os Conselheiros.
Provérbios 11,14 e 15,22.
Não o conselho de uma pessoa qualquer, mas de cristãos experientes e, também, de pessoas que pensam diferente de você.

Quarta luz: As promessas de Deus para sua vida
Peça a Deus um texto bíblico que o oriente nesta decisão.
Se o texto lhe disser "não", que seja não!
Se o texto for uma promessa de Deus para sua vida, firme-se nesta Palavra, pois:

A paz pode sair do coração.
As circunstâncias podem mudar.
Os Conselheiros podem mudar.
Mas, a Palavra de Deus jamais mudará.

Com as 4 luzes verdes, siga em frente, com fé.

sábado, 8 de novembro de 2008

Lembrete urgente

É só para lembrar que começa o fim de semana. A Bolsa não vai cair, nem o dólar vai subir.

BMW-GINA

Recebido por email. Achei interessante divulgar.
A busca por carrocerias cada vez mais leves é um dos grandes desafios dos projetistas de automóveis. Alumínio, titânio e fibra de carbono são os materiais mais utilizados na criação de um veículo, mas por que não utilizar tecido? Foi justamente isso que a BMW fez com o seu novo carro conceito...
Chamado de GINA Light Visionary Model, o modelo, uma espécie de Z4M de pano, segue o que a marca chama de design orgânico.
Capaz de mudar de forma, o carro futurista possui um chassi composto por cabos de alta resistência e barras de fibra de carbono. Por baixo dos panos (sem trocadilho), a BMW afirma que o GINA - sigla em alemão para Geometria e Funções Adaptavias - possui uma série de pequenos motores elétrico-hidráulicos, responsáveis pelas mudanças no formato da
carroceria.
Os faróis, tanto frontais quanto traseiros, ficam escondidos sob o tecido quando estão apagados e abrem-se como pálpebras ao serem acionados, imitando os movimentos do olho humano.
Apesar do aspecto metálico do tecido que cobre o chassi, pequenos detalhes pelo carro denunciam o material alternativo. Ao abrir as portas vê-se claramente o tecido, que fica enrrugado. O acesso ao motor é como abrir uma jaqueta, porém, no lugar de um zíper, motores elétricos cuidam da abertura do capô. Mesmo sendo algo impensável para os tempos atuais, a BMW afirma que a solução pode ser usada na indústria. Quem diria que mecânicos no futuro seriam substituídos por costureiros.

Curiosidade

Em todos os idiomas europeus, a palavra NOITE é formada pela letra N + o número 8...
A letra N é o símbolo matemático de infinito.
O 8 deitado também simboliza infinito.
Ou seja, noite significa, em todas as línguas, a união do infinito!
Português: noite = n + oito
Inglês: night = n + eight
Alemão: nacht = n + acht
Espanhol: noche = n + ocho
Francês: nuit = n + huit
Italiano : notte = n + otto

Uma "nova" geração começa a usar o computador

Já ouvi de muitos amigos com idade avançada(?) que o uso de computador é para jovens, que aprender a usá-lo é muito difícil e outras argumentações mais. Para mim, todas sem grande fundamento, caracterizando mais o medo de enfrentar uma tecnologia que, embora não tão nova assim, não fez parte de seus aprendizados, nem de acúmulo de conhecimento.
O que vemos na realidade, é que o computador e suas infindáveis e criativas aplicações, passou a ser exigência da vida moderna; profissionais em diversas áreas de atuação foram levados aà atualização tecnológica com uso do computador, da mesma forma que já havia acintecido com o uso do telex, em alguma época atrás, depois o fax, o telefone móvel celular e agora, o computador.
Em meu ciclo de amizades e em meu clube de serviços, o Rotary, vira e mexe sou solicitado a falar um pouco siobre computador, internet, redes sociais, blogs, sites, etc. A reação é espantosa! A maioria comenta que para eles não dá mais e começam perguntas específicas. "Como mando email para um amigo?" "Como incluo fotos em email?" "E se eu fizer uma bobagem ao apagar o documento que estava preparando, como vou recuperar?" "Que história é essa de Skype, Orkut, MySpace?", e por aí vai.
A Folha Online publicou um artigo bastante interessante Vencido o medo, idoso aproveita o micro, escrito por Daniela Arrais, da Folha de São Paulo, retratando o que foi visto em uma aula do Oldnet, projeto de inclusão digital da ONG Aprendiz, em São Paulo..
Para aqueles idosos que não acessam a Folha, aqui vão alguns trechos que julguei interessantes.
...Quem conta é a coordenadora Izabel Marques, acrescentando que, vencido o terror inicial - que vai do simples receio ao pavor absoluto-, eles mostram um interesse enorme em aprender. "A motivação deles é se atualizar. Eles dizem que se sentem excluídos, analfabetos, sem saber o que acontece."
Alunos a partir de 60 anos recebem apoio de instrutores com idades entre 14 e 18 anos. O projeto, que existe há nove anos, propõe o intercâmbio entre as gerações. "Os adolescentes ensinam aos mais velhos, o que ajuda a quebrar estereótipos, pois eles vêem que os idosos podem aprender, mesmo com um pouco de dificuldade, em outro ritmo", diz.
O curso, que é gratuito e tem duração de um ano (saiba mais em www.oldnet.com.br), não segue um programa específico, mas sim o tempo e a necessidade de cada aluno. "Em comum, os alunos têm a vontade de se comunicar com parentes que moram em outros Estados, outros países", afirma Izabel.
Usar a internet ajuda os idosos não só no aspecto de integração social, mas também estimula o cérebro.
O Centro de Estudos do Envelhecimento da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) desenvolve um trabalho com idosos que têm problemas de memória, estimulando o raciocínio por meio do uso do micro. "Conseguimos saber como está a memória a partir do que eles conseguem aprender", afirma Luiz Roberto Ramos, que dirige a equipe, em atividade desde 2003 --por lá, já passaram cerca de 300 alunos.
O centro trabalha na construção de um site de interação para idosos, que irá avaliar a capacidade cognitiva deles, ao mesmo tempo em que irá prescrever exercícios que envolvam computador.
Uma outra notícia,esta vinda da agência Efe, informa que um chinês de 105 anos procura namorada na internet.
A história de Gong Duoruo ocupa as páginas de muitos jornais, entre eles o governista "China Daily", que hoje publicou fotos do idoso conversando em uma sala de bate-papo (chat) na internet e com fones de ouvido.
Já na Inglaterra, ainda segundo artigo da Folha Online,
O inglês Peter Oakley, 81, começou a usar a internet. Queria deixar de lado a solidão que tinha tomado conta da casa onde morava com a esposa, em Derbyshire, Inglaterra. Mal sabia que a simples vontade de navegar iria transformá-lo em uma celebridade da internet. Há dois anos, Oakley mantém um dos canais mais populares do YouTube, o geriatric1927 (br.youtube.com/geriatric1927), que tem cerca de 49 mil assinantes.
Com uma webcam e embalado por um blues, Oakley se apresentou ao mundo para fazer "queixas e resmungos geriátricos". Pois caiu nas graças dos internautas, falando sobre sua juventude durante a Segunda Guerra Mundial, jovens e drogas e até dando lições de sexo. "Não esperava nada do que aconteceu. Esses sites, redes sociais, são dominados por jovens. Pensei que eles iriam rir de mim."
Por outro lado, a Internet pode diminuir em muito, o abismo entre os cidadãos e as leis.
Várias páginas trazem desde um conjunto completo de leis --tanto para consulta on-line quanto para download--, passando por comentários e análises, até consultorias jurídicas on-line", escreve Fernando Badô para a Folha de São Paulo.
Vale a pena ler o artigo completo aqui.
Portanto idosos, comecem hoje e aproveitem a exploração do mundo em todos os aspectos que a internet lhes coloca à disposição. E quem sabe você não fará novos amigos, virtuais de início, mas que poderão estar mais próximo daqui a pouco.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

The new president of United States of America

A maior parte da população americana clamava por mudanças. Não agüentava mais a era Bush e suas iniciativas. Ele foi o presidente americano que recebeu um dos maiores caixas do governo anterior e conseguiu jogar tudo pelo ralo com uma política desastrosa. Mudança, mudança, era o mote da eleição presidencial americana. Mas como mudança? Mudar de um presidente republicano, para um presidente democrata? Mudar de um presidente branco, para um pressidente negro? Mudar de um presidente já idoso, para um presidente jovem? Ou mudar a idéia de que o povo americano é o mais bem dotado do planeta, o mais inteligente da face da terra, o país é o mais poderoso belicamente falando? Mas, afinal mudar o quê?
Algumas entrevistas que vi aqui e ali, pela televisão, ou pelos jornais, mostravam que cada cidadão americano tinha uma forte expectativa por mudança, cada um de acordo com seus pontos de vista, ou suas necessidades particulares, nem sempre afinados entre si. Mas que mudanças a nação americana precisa?
O jovem senador Barack Obama venceu o castigado e teimoso John McCain. Uma vitória retumbante. O mundo proclamou, aos quatro cantos a vitória. Vejam recortes de jornais pelo mundo, aqui, no weblog do Tiago Dória.
Agora resta ao povo americano e ao mundo, a realização das não poucas expectativas de mudanças. Agora começa a fase mais difícil. Governar "a maior nação do mundo".
Ainda ontem, minha mulher chamou minha atenção quanto a reações comportamentais de Obama. Durante a campanha, sorrisos de entusiasmo, de desafio, de vencedor, sem dúvida, como sempre o foi. Ao final da apuração, quando sua vitória era praticamente irreversível, o sorriso contraído, não sei se pelo medo, pelo alcance a algo que esperava não acontecesse dessa vez, talvez na próxima, ou o sorriso do "e agora, como atender todas as mudanças que alimentei?"
Dando seqüência ao êxito de sua campanha utilizando a internet, Obama lançou o site Change.gov
que inclui recursos para melhor entender o processo de transição e as decisões que fazem parate do mesmo. Vale a pena uma olhada.
Desejo de minha parte muita garra e força ao jovem presidente eleito. Com certeza o mundo espera muito dele para conduzir mudanças.
A situação mundial é difícil, com uma crise econômico-financeira de grandes porporções, criada justamente pela inoperância dos administradores americanso. Ou será que foi a aposta em mais um capítulo da Teoria da Conspiração, agora usando a trilogia "criar problema-descobrir a solução-deixa que eu resolvo (pois fui o criador do problema e descobri a solução)". Se foi essa a estratégia dos republicanos, parece que dessa vez. Não deu certo.
Seja o que for, bola prá frente presidente Obama e não confisque a poupança mundial, não reconstrua a Casa Branca, instalando cachoeiras, e principalmente deixe as guerras para trás e propugne a Paz Mundial, para o bem estar do mundo!
Boa sorte Barack Obama!

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Alergias respiratórias na Primavera

Nariz escorrendo e olhos irritados por dentro e por fora. Esses são os sintomas mais comuns da alergia de primavera-verão, que deve seguir até março do próximo ano. Inversão térmica e polinização das árvores são os principais fatores desencadeadores da crise alérgica, que costuma ser mais agressiva entre outubro e dezembro.
De acordo com o Dr. João Geraldo Simões Houly, chefe da Clínica Médica do Hospital Santa Paula (SP), além da alternância entre dias com baixíssima umidade do ar e chuvosos, é importante prestar atenção aos sintomas. "As alergias respiratórias são bastante comuns, mas muito incômodas. Pessoas com reações alérgicas mais intensas se sentem tão incomodadas que acabam comprometendo suas tarefas diárias, sejam estudantis ou profissionais. O nariz escorre constantemente e coça. Os olhos ficam irritados e lacrimejam", descreve os sintomas.
Sinusite
Houly faz um alerta: "É importante prestar atenção nas reações do organismo para descartar outras doenças respiratórias. Resfriados que se prolongam por mais de uma semana, presença de secreções esverdeadas, tosse persistente e reclamações constantes de dor de cabeça podem levar ao diagnóstico e sinusite".
Outro sintoma da sinusite é que ela costuma prejudicar a respiração noturna, levando a pessoa a dormir de boca aberta, desenceadando dor de garganta.
O especialista aponta sete importantes dicas para controlar as crises alérgicas:
1) Nos dias mais quentes, lave cobertores e edredons, guardando em seguida no armário o que não for utilizar durante o período;
2) Aproveite o calor também para limpar, enrolar e guardar todos os tapetes da casa, já que são fonte permanente de poeira e ácaros;
3) Em ambientes acarpetados é necessário passar o aspirador de pó com freqüência, mantendo uma rotina de limpeza diária da casa para evitar o acúmulo de pó;
4) Evite manter o lixo, ainda que em pequena quantidade, dentro de casa;
5) Quando o ar estiver 'seco', utilize um umidificador de ambientes ou substitua o aparelho por bacias com água em todos os dormitórios durante a noite. Isso melhora a respiração e garante um sono mais tranqüilo;
6) Nunca coloque plantas naturais nos quartos;
7) Utilize máscara e luvas de borracha durante a limpeza pesada. O contato com as substâncias químicas dos produtos de limpeza podem agravar a alergia.

As regras para "ser" um "humano"

Texto de Chérie Carter Scott traduzido e compilado por Paulo Rodrigues Simões.
Quando nascemos, não ganhamos um manual do proprietário ou mapa para estudarmos.
As diretrizes abaixo, fazem à vida funcionar melhor.
1. Você recebeu um corpo para se manifestar na vida.Você pode gostar dele ou odiá-lo, mas é a única coisa que certamentemanterá até o fim desta experiência de vida.
2. É certo que aprenderá lições. Você está matriculado em uma escola informal, em tempo integral, chamada "VIDA NO PLANETA TERRA".Cada pessoa ou incidente que lhe cruzar o caminho, é seu Professor Universal.
3. Não há erros, apenas lições. O crescimento é um processo de experimentação. Os "fracassos" são tanto partes do processo de ensino, quanto os "êxitos."
4. As lições são repetidas até que sejam aprendidas. São apresentadas a você de várias formas, até que você as aprenda: então poderá ir para a próxima lição.
5. Se você não aprende lições fáceis, elas tornam-se mais duras. Problemas externos são um reflexo preciso, de seu estado interno. Quando você clareia as obstruções interiores, seu mundo exterior muda. A dor é o meio pelo qual os instrutores universais conseguem a sua atenção.
6. Você saberá que aprendeu uma lição, quando suas ações mudarem. A sabedoria vem com a prática. Um pouco de algo é melhor do que muito de nada.
7. Não existe lugar melhor do que o "AQUI". Quando seu desejo, "LÁ", tornar-se um "AQUI", você simplesmente obterá um outro, "LÁ", para desejar, que outra vez parecerá melhor que o "AQUI", e Agora.
8. Os outros são apenas espelhos de você mesmo. Você não pode amar nem pode odiar algo sobre os outros a menos que isso reflita algo que você ama ou odeia em si mesmo.
9. Sua vida pertence a você. A vida fornece a tela; faça você a pintura. Tome conta de sua vida, ou outra pessoa o fará.
10. Você sempre receberá o que você quer, ou o que teme. Seu subconsciente legitimamente determinará que energias, experiências, e pessoas você atrairá; portanto, o único meio infalível para saber o que você quer,
ou teme, é ver o que você tem. Não há vítimas, apenas estudantes das Leis Universais.
11. Não há certo ou errado, mas sim, conseqüências. Moralizar não ajuda. Julgar só o prenderá a padrões.
Procure fazer o melhor de si.
12. Suas respostas estão dentro de você. Quando somos crianças, necessitamos de direção de outros; quando amadurecemos, precisamos aprender a confiar em nossos corações, onde as Leis do Espírito Santo estão escritas. Você sabe mais do que ouviu, leu ou te contaram. Tudo o que você necessita fazer é olhar, escutar, e confiar.
13. Você provavelmente esquecerá tudo isso.
14. Você poderá lembrar-se, a qualquer momento que desejar.

Meu canal de slides